A Condecoração

Há dias fui surpreendido com o convite para ser agraciado com a GRANDE MEDALHA nas comemorações do aniversário do eterno Presidente Juscelino Kubitschek. Médico que se destacou entre os grandes nomes da Medicina, como Alfredo Balena, Borges da Costa, Pedro Nava, Odilon Bhering, entre outros. Existem em Minas Gerais aproximadamente 50.000 médicos, e nem sei quantos em todo Brasil. Grandes profissionais de renome internacional, e orgulhosamente recebi este convite representando a classe.

 Mergulhei no infinito da ciência médica, abdicando dos lazeres, não importando com títulos, mas sim com o objetivo de aprimorar mais os conhecimentos, transferindo-os aos pacientes em forma de melhoria de saúde, e consequentemente sua qualidade de vida, através da aplicação dos conhecimentos da Bioquímica e Prática Ortomolecular.

 Há 2.500 anos Hipócrates dizia que nosso organismo necessita viver em equilíbrio com o sol, água, terra e fogo. Naquela época a vida média da população era de 20 anos, Hipócrates viveu 140 anos. Recentemente Linus Pauling, cientista que recebeu por duas vezes Prêmio Nobel, disse que: “quando nosso organismo está em harmonia molecular nós estamos em estado saudável, mas quando é quebrada esta harmonia, ele entra em estado de doença”

 A homeostasia bioquímica molecular, é a colocação do organismo em equilíbrio, modulando as moléculas, prevenindo patologias, retardando o envelhecimento, para que tenhamos uma velhice saudável.

Agradeço aos mestres das pós-graduações em : 

– Cardiologia
– Endocrinologia
– Bioquímica e Prática Ortomolecular

 Pois sem eles eu não chegaria a projeção nacional que tenho atualmente.

 Agradeço meus pacientes; são eles a razão do meu trabalho e das homenagens que me foram dedicadas, as quais muito me dignificaram. Este agraciamento é o reconhecimento do meu trabalho, o qual serei sempre orgulhoso. 

 Faço um agradecimento especial ao Sr. Serafim Jardim, Presidente da Casa do Juscelino e membro da Comissão de Medalhas, que fez a minha indicação à comissão do Governo do Estado de Minas Gerais, fazendo-me imensamente honrado ao ser conferida a mim a GRANDE MEDALHA; o grau máximo da agraciação Governamental a um cidadão civil, elevando me aos píncaros da glória. Estavam presentes o Governador Aécio Neves, o Presidente Itamar Franco, o Ministro das Minas e Energia, Edson Lobão, o Presidente do Tribunal de Justiça, Des. Sergio Rezende, o Presidente da Assembleia Legislativa, Alberto Pinto Coelho, o Prefeito de Diamantina, Padre G, Vereadores, o Sr Serafim Jardim, a Sra. Maria Stela Kubitschek e outras autoridades.

“Médico sou, título nenhum reputo mais belo, mais dignificante. Investi-me neste sacerdócio impelido pelo sentimento”
Dr.Juscelino Kubitschek


“Somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto não é um feito, mas um hábito. Hábito é a interseção entre conhecimento, a capacidade e a vontade.”
Aristóteles

” A veneração do infinito da ciência médica com aprimoramento do conhecimento e sua aplicação prática, ofusca o ilusório dos profissionais inertes” 

  ” A grandeza não consiste em receber honras, mas em merece-las” 
Dr. João Rocha Neto


  Obrigado a todos, a Deus, a minha abnegada esposa, meus filhos, e as pessoas que sempre estão presentes nos momentos difíceis.

Belo Horizonte, 12 de setembro de 2009
Dr. João Rocha Neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Voltar ao topo